As Velas Mair começou a partir de um hobby da Carol, pois ela amava velas e começou a fazer as próprias.

No entanto, ela pensava em abrir um negócio, mas queria ser fabricante para apresentar um produto único. Então, em 2019 passou a realizar testes para encontrar o produto ideal.

Em plena pandemia, Carol viu ali a oportunidade para tirar o projeto do papel e colocar em ação. “Eu me vi naquela fase ‘agora ou nunca’, foi quando eu resolvi tomar coragem e colocar esse projeto na prática“.

Com um ano a empresa Velas Mair apresenta um produto ímpar no mercado, onde o blend de cera vegetal e as fragrâncias são premium e escolhidas a dedo sob medida para os projetos. “Cada detalhe é muito bem pensando com carinho“.

Vamos conhecer mais sobre as Velas Mair?

velas-mair-blog-flor-de-ameixa-12

Velas Mair: Como tudo começou…

A Carol é fundadora da Mair, formada em Engenharia Civil, durante a faculdade trabalhou como estagiária no metrô de São Paulo e na Prefeitura.

Logo depois de se formar, abriu uma loja onde vendia itens de maquiagem, acessórios e coisas voltadas ao universo feminino.

Tive uma experiência de 2 anos com essa loja, até que essa jornada chegou ao fim. Depois disso trabalhei um pouco com mídias sociais e depois abri a Mair. Ahh, já trabalhei no Bobs fazendo muito milkshake de Ovomaltine”.

Velas Mair e os desafios na jornada 

A Carol conta que seu maior desafio foi com ela mesma, por se considerar uma pessoa um pouco indecisa, precisou ser certeira ao criar a identidade da Mair. “Ao mesmo tempo que gosto de coisas fofas também amo o estilo minimalista, então precisei ser muito fiel, visualmente falando”.

Ainda mais, a fundadora da Mair sempre gostou de ter o seu próprio tempo, desenvolver as próprias ideias. “Já trabalhei, fui funcionária e já tive loja, e o que eu mais amei foi criar meu próprio negócio”.

Embora, o sonho do seu próprio negócio tenha se concretizado, Carol lembra que muitas pessoas não acreditavam que poderia dar certo.

Quando eu disse que não iria seguir a minha profissão, muita gente achou que eu era louca. Na verdade, até hoje tenho uma tia ou outra perguntando quando eu vou trabalhar na área“. Mas logo, a motivação volta quando recebe elogios do seu trabalho.

E os arrependimentos?

A resposta é imediata: de não ter começado antes! Esse é o arrependimento de muitas empreendedoras. A Carol que gostaria de ter começado antes, pois já teve oportunidade de viajar para fora do país.

“Se eu já tivesse com a Mair funcionando, teria visitado lojas que eu gosto, comprado produtos similares para testar. Amo inspirações!”.

Em meio a esses arrependimentos, Carol entra inspirações para o seu trabalho tão delicado em lojas de mulheres pelo Instagram, que possuem a mesma rotina que a dela – vida real, família, casa.

Isso é realmente uma coisa que me motiva muito, conhecer os processos da empresa, o dia a dia, a produção. Quando eu coloco a cabeça no travesseiro ao invés de ir dormir, acabo passando muuuuito tempo só acompanhando essas lojas”.

Velas Mair e a sustentabilidade

Sustentabilidade deixou de ser uma ideologia para se tornar uma obrigação no cenário atual. Sendo assim, a Velas Mair entende a responsabilidade com o meio ambiente e busca ser cada vez mais ecofriendly.

“Estamos sempre melhorando nossos processos para que se encaixe cada vez mais nisso, por exemplo, deixamos de usar o plástico bolha pelo ecológico, que se degrada em até 3 anos”.

Além disso, possui o selo Eureciclo, que significa que apoiam e contribuem com uma rede de cooperativas que separa e recicla parte dos resíduos causados por nós.

Com isso, Carol produz e vende velas aromáticas feitas com cera vegetal (extremamente cremosa) com diversas fragrâncias e tamanhos para atender todos os gostos.

Um pouco sobre a Carol

Como faz seu próprio horário, Carol considera algo bom e ruim ao mesmo tempo.

Consigo ter uma flexibilidade maior para sair no meio do dia para resolver algo, atender um cliente enquanto preparo o almoço. Por outro lado, muitas vezes, acabo passando dos limites e me pego trabalhando inclusive nos domingos”.

Ela contou aqui para a Flor de Ameixa que, no momento, não está praticando nenhuma atividade física, porém promete começar em breve.

Eu sei que empreender pode ser muito assustador, muita gente não vai te apoiar, mas não deixe que isso te desanime ou estrague os seus planos. Se você tem uma ideia, coloque no papel, desenvolva ela para que você possa aplicar o quanto antes.

Eu comecei com muito pouco, minha primeira compra de suprimentos foi em torno de R$200, eu tinha que comprar aos poucos a cada mês para não pesar e hoje estou me mudando porque não tenho mais espaço para meu estoque.

Você precisa confiar nas suas ideias e intuições, vai fundo! A internet veio para mudar a realidade de muita gente e nela você encontra MUITO conteúdo legal que vai te ajudar nessa jornada. Mesmo sendo dona do meu negócio eu continuo estudando para aplicar na Mair.

Tudo feito com amor e carinho é reconhecido 😊 Um beijo e muito sucesso!”

Quer saber mais sobre a Velas Mair? Entre em contato pelo site ou pelo Instagram.

Leia também:

Marsalla Closet: Loja exclusiva com peças em tricot
Artista plástica Fernanda Cristina inspira mulheres com sua arte
Sommelier de vinhos lança curso por assinatura

Você também pode gostar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *