Queimar calorias praticando atividades físicas é, normalmente o principal objetivo dos alunos na academia, não é mesmo? Claro, porque além de fortalecer os músculos e proporcionar uma vida mais saudável, o emagrecimento é sempre um dos principais pedidos feitos aos instrutores. E de acordo com alguns deles, existem algumas modalidades que são as melhores escolhas para quem quer perder aqueles quilinhos indesejáveis. Vamos ver quais são?

Quais são as aulas mais eficazes para emagrecer até a chegada do verão?

Exercícios aeróbicos

Esses sempre foram os mais conhecidos por oferecer maior gasto calórico, utilizando oxigênio para produzir energia, e consequentemente causando uma alteração considerável na frequência cardíaca de quem os pratica.

O nível de condicionamento, intensidade e duração podem influenciar o resultado almejado. Ou seja, uma pessoa que possua bom condicionamento físico poderá gastar mais calorias do que outra pessoa que quase não pratica atividades físicas. E ainda assim, quanto mais intenso for o exercício, mais calorias serão gastas no mesmo. Com uma hora praticando essas atividades, pôde-se gastar entre 400 e 600 calorias.

Alguns exemplos de aulas que se encaixam nessa categoria são: Zumba, Power Jump, Running Class, entre outros.

Exercícios de bicicleta 

As aulas que são executadas em cima de uma bicicleta são também uma das preferidas de quem quer emagrecer. Elas causam uma alteração bastante considerável a frequência cardíaca, e podem ser realizadas nas intensidades curta, moderada ou forte, e com durações que podem ser curtas, médias ou longas.

Aulas de Spinning trabalham a musculatura das pernas, gluteos, quadris e coxas, desenvolvendo a coordenação motora, o condicionamento cardiovascular e a resistência. Seu gasto calórico pode ser entre 400 e 600 calorias durante uma hora de aula.

HIIT

O HIIT ( que em inglês que significa Treinamento Intervalado de Alta Intensidade)  é uma das atividades mais eficientes para emagrecer. São exercícios realizados em intensidade alta, e de menor duração, em torno de 20 a 30 minutos cada sessão. Pode-se gastar em média 250 a 400 calorias. Essa modalidade promove um consumo de oxigênio considerável após seu término, o que também auxilia no emagrecimento.

Por ser um treino de alta intensidade, é recomendada a sua prática para alunos intermediários e avançados. Ou seja, uma pessoa que seja sedentária, ou que tenha algum tipo de restrição médica precisa aguardar que seu corpo entre em um determinado ritmo para finalmente iniciar nas aulas de HIIT.

Você também pode gostar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *