As caveiras mexicanas, nos últimos anos, vieram como um super hit no street style, com uma temática de personalidade e rebeldia, que conquistou vários adeptos de todos os lados. Seu tom mais macabro também acabou sendo substituído por algo mais amigável, ganhando espaço em peças de roupas como blusas, tops, leggings, casacos, e acessórios – e dentro da academia também. Sua simbologia possui significados que talvez nunca tenhamos visto antes, pois representa renovação, transformação e mortalidade. Porém, suas mais diferentes formas de uso acabaram dando novos significados e interpretações à este símbolo que é um tanto polêmico.

A tendência das caveiras mexicanas

Um dos usos de caveiras mais famosos foi feito pelos piratas, quem lembra? Trata-se de uma imagem da mesma com dois ossos cruzados, que levava o nome de Jolly Roger. As bandeiras que possuíam a tal imagem, em mastros de navios piratas, significavam claramente “perigo”, como uma maneira de intimidar os marinheiros que estavam por perto. Porém, os próprios piratas mesmo sabiam de outros significados para as essas tais caveiras, tanto que antes de embarcarem em suas missões, deixavam anéis das mesmas com suas respectivas esposas, representando o amor eterno deles, independente se voltariam para a sua casa ou não.

No México, diferentemente de outros lugares e culturas, as caveiras não possuem esse ar mórbido. Pelo contrário, lá elas representam eternidade, vida, e até mesmo uma proteção contra os espíritos ruins. São objeto de culto em uma data como hoje, por exemplo, que é Dia de Finados – que aliás, ao contrario daqui do Brasil, lá é um dia de alegria,  onde as pessoas saem às ruas fantasiadas de caveiras, pasmem!

Outro uso tradicional da caveira é como uma expressão de agressividade, imposição e rebeldia, já que o símbolo também foi aderido pelo movimento punk, e por aqueles que apreciam o heavy metal. Esses grupos têm como sua marca registrada o uso de caveiras em camisetas, coletes, casacos e acessórios.

Já no mundo da moda, quem popularizou tendência da imagem de caveiras mexicanas foi o designer Alexander McQueen, em praticamente todas as suas coleções desde o ano de 2008. Aqui no Brasil, foi Alexandre Herchcovitch um dos seus grandes entusiastas. As caveiras mexicanas, em forma de metal, passaram a aparecer primeiramente aplicadas em acessorios, como anéis, colares, brincos e pulseiras. Em seguida, passaram a aparecer também em peças de roupas, como camisetas.

Hoje, as caveiras mexicanas já estão em todas as formas nas peças de roupas, sendo permitida a sua aplicação de várias maneiras. As mais tradicionais que vemos por aí são as caveiras grandonas na parte da frente das blusas, ou nas costas das jaquetas jeans. Já os estilo do desenho costuma ser bastante variado, como retrô, colorido, vazado, até com aplicações de pedrarias e paetês. Há também aquelas peças onde as caveiras estão espalhadas, se repetindo como um padrão, como leggings e vestidos.

Nem mesmo os calçados ficaram de fora dessa tendência. Podemos observar em saltos altos, na sola do sapato, ou mesmo em toda a sua área. Tênis e botas de canoa altos também tem carregado bastante essa tendência.

E como se não bastasse, as caveiras mexicanas também se encaixam perfeitamente até mesmo nos looks fitness. Já vimos várias combinações de leggings com top, ou até mesmo body, macacão e outras peças que podem deixar deixar as mulheres ainda mais estilosas na hora do treino, não é mesmo? Que tal usar essa imagem como inspiração também na academia?

Você também pode gostar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *